Crítica: "Em Águas Sombrias" de Paula Hawkins

Título: Em Águas Sombrias
Autor: Paula Hawkins
Ano: 2017
Editora: Record
Número de páginas: 364
CompreSaraivaAmazon

Sinopse: "Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás. Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos… Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente."

Crítica: Oi pessoal, sei que prometi essa resenha para ontem, mas com um dia de atraso aqui está ela!!! Vamos falar do tão falado “Em águas sombrias”. Recebi o livro da editora sem estar esperando, foi uma surpresa e tanto porque queria muito realizar a leitura. Bom como você já viram na sinopse do que se trata vamos as críticas.

Por ser um livro escrito em várias visões, tive uma dificuldade inicial de engrenar na história, acostumar com o nome dos personagens. O bom que a história continua no ponto que parou na mudança dos personagens ou explica algo que ficou perdido no capítulo anterior.

Podemos considerar alguns núcleos que ocorrem a história, o principal é o da casa da Nel, Danielle Abbott, vamos chama-la de Nel. Neste núcleo temos Jules, Nel e Lena. A história gira em torno de Nel que suicidou/foi assassinada que só descobriremos ao longo da história, Jules irmã da vítima e Lena filha da vítima.

Núcleo 2 temos Josh, Louise, Alec e Katie. Sendo Louise e Alec pais de Josh e Katie, e Katie uma das garotas que se suicidou no rio. No Núcleo 3 temos Patrick, Helen, Sean e Susan. O que não irei comentar muito agora se não posso dar spoillers imensos. E o que considero Núcleo 4 são os avulsos, mas não menos importantes, Mark, Erin, Nikkie e alguns coadjuvantes que ajudam no caso.

A questão maior é, todos têm alguma relação com o caso de Nel, todos tem um segredo e todos tem uma dor muito grande. Além do mais todos são suspeitos (ao meu ver) até o decorrer da história.

A história te traz amor e ódio por alguns personagens e principalmente quando se trata da história da Jules acabamos tendo uma raiva muito grande da Nel, o que passa ao decorrer, mas sentimos a dor de Jules, sentimos sua angustia e o quanto foi prejudicial os acontecimentos de sua infância para sua vida adulta.

Vemos a dor de Lena que perdeu a mãe e a amiga Katie em pouco tempo de diferença entre uma e outra, e a dor de acreditar que a mãe a abandonou suicidando, deixando-a sozinha no mundo.

Em águas sombrias não só o rio é sombrio, mas a cidade carrega segredos absurdos, que mostra como ser humano é mau. Traz uma forma de amor puro, mas doentio. Traz o egoísmo e o ódio como um problema muito sério do ser humano, e principalmente como não tem o menor arrependimento do que fez. Ninguém, mas ninguém mesmo se arrepende.

A história em si é muito boa, te faz querer ler, ler, ler, ler e você fica curioso quanto os segredos e o desenrolar da história. Não acontece nada muito mirabolante que você não imagine que irá acontecer, a não ser o final.

Bom vamos falar do final, esse sim me surpreendeu e me decepcionou, o que aconteceu com Nel não foi nada do que eu esperava, o que é bom, mas o que achei ruim, é que acreditava que a cidade ainda tinha salvação quantos aos personagens, e aí você descobre que todos são culpados (isto não é um spoiller) e lidam com tudo numa cara de pau absurda. Como se fosse normal o que aconteceu, sério não me desce.

O livro no geral é muito bem escrito e vale um 4, não dei 5 porque fiquei triste com esse fim, mas acredito que quem gosta de surpresas vai amar, e quem não gosta no mínimo vai ficar como eu. Amar e se revoltar.

Leiam em águas sombrias, um suspense muito bom, vale a pena. Logo faremos o sorteio do exemplar no nosso instagram @floraliteraria. Fiquem de olho.

Bjus, até a próxima.


17 comentários:

  1. Oi miga! Você se empolgou mesmo com a história. Eu, como já disse, achei que ela se perdeu da metade pro final do livro, e o final foi decepcionante mesmo.
    Você já leu A Garota no Trem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii flor.

      Acabou melhorando a história e depois o fim ficou ... ainda não li a garota no trem flor. Foi o 1 dessa autora.

      Excluir
  2. Oi Rafa,

    Admito que estou ou estava com muita vontade de ler esse livro, mas saber que o final foi meio decepcionante me desanimou um pouco, mas quem sabe ainda eu leia? Adorei a resenha.

    Beijos,
    Garota Perdida nos Livros

    ResponderExcluir
  3. Ola, tudo bom?
    Esse livro tem sido muito bem falado! Adorei a sinceridade de sua resenha, fiquei com vontade de ler, quero saber mais! Espero não me decepcionar rs ótimo post, amore!
    Beijos, Yasmim.
    Blog: https://literarte.blog.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Estou curiosa pra ler esse livro porque gostei muito de A garota no trem. Das críticas que acompanhei, todas tiveram alguma ressalvar como você mesma teve, mas acho que vou tentar dar uma chance!

    Muito boa a sua resenha! Deixou aquele gostinho de curiosidade sem detalhes que façam a gente perder a graça da leitura. Adorei!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Essa obra está sendo muito bem comentada nos blogs que eu visito e sinceramente eu estou pra lá de e curioso para saber o desenrolar dessa trama. Achei linda essa capa. Sou muito fã do gênero e acho que essa obra não irá me decepcionar em nada. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Excelente a sua resenha! Deu para perceber que o livro tem bastante história, com todos esses blocos de personagem. Pena que o final não foi como você queria, ainda assim, gostei da forma como abordou esse detalhe.

    ResponderExcluir
  7. oii!
    Acho muito complicado ler um livro que tenha vários pontos de vista,porque vez ou outra isso confunde o leitor,a autora parece manter a estilo misterioso assim como no primeiro livro,achei interessante a critica,uma pena que foi final tenha essa decepçãozinha,mas normal...Acontece rs

    ResponderExcluir
  8. Oie...
    Eu AMOOO essa autora! Ela sempre cria esse suspense de tirar o folego e isso me agrada muito ;)
    Tenho esse exemplar em minha estante e espero poder ler em breve.
    Bjo

    ResponderExcluir
  9. Oi oi querida!
    Adorei a sua resenha. Mas quanto ao livro, confesso que li outras resenhas e todas positivas também, a sua me fez pensar bastante sobre como deve ser a vida da personagem, ainda não li tantos livros do gênero. Pra você ter uma noção, eu ainda não li o primeiro livro dela...
    Ademais, eu fiquei bem curiosa pra conhecer da personagem e espero amar esse suspense.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Apesar de todo o sucesso que sei que a autora faz, e é merecido pelo que falam, o gênero que ela escreve não é um dos meus favoritos, por isso sempre passo longe. Pena que você não curtiu o final porque ele foi triste. Ai socorro acho que ia chorar para caramba haha Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Eu já li A garota no trem e não gostei muito, achei que demorou DEMAISSS pra engatar algo bom. Mas eu adorei a resenha desse, mesmo o final sendo triste. As vezes finais tristes me encantam também, então acho que irei gostar!

    ResponderExcluir
  12. Olá Rafa,
    Estou bem curiosa para ler esse livro, pois não li nada dessa autora. Estou vendo resenhas negativas e positivas dessa obra e não sei o que esperar. É uma pena que o final tenha te surpreendido e que todos tenham sido culpados. Não consigo imaginar uma solução dessas.
    De toda forma, vou tentar ler e ver o que acho.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  13. Oi, Rafa!
    Eu adoro suspense e já vi muitos comentários positivos sobre o livro, mas confesso que ainda não me animei para a leitura. Pode ser que gosto da trama mas ainda prefiro adiar um pouco a leitura para depois que conseguir diminuir um pouco a pilha enorme que tenho.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  14. Oi. Já li opiniões diversas a respeito dessa obra, mas nenhuma resenha tinha feito eu ficar tão curiosa quanto a sua. Sério, guria! Que ótima descrição dos fatos! Como gosto de ser surpreendida nas histórias tenho certeza que vou gostar. Até vou anotar a dica para não esquecer. Beijos 😘

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Já vi gente falando super bem desse livro e fiquei com muita curiosidade por causa disso, já que ainda não conheço a escrita da autora. Que pena que você acabou se decepcionando com o final! Eu, particularmente, achei bem interessante isso de todos serem culpados, achei que deu um toque de realidade na história.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Ainda não li nada da autora, mas vi o filme de a garota no trem e fiquei apaixonada, estou louca para ler esse, e os pontos apresentados em sua resenha só aumentaram a minha curiosidade, acho que esses pontos de vistas me incomodariam um pouco, mas espero gostar da leitura.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita! Comentários construtivos são sempre bem-vindos!
Caso tenha um blog, deixe o link do mesmo junto de seu comentário para que possamos retribuir a visita! Ah, e sempre respondemos nossos leitores, clique em ''notifique-me'' caso tenha interesse em ler nossa resposta a seu comentário!

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo