Crítica: ''Crescendo'' de Becca Fitzpatrick




Sinopse: Nora deveria saber que a sua vida estava longe de ser perfeita. Apesar de começar uma relação com o seu anjo da guarda, Patch (quem, título à parte, pode ser descrito como qualquer coisa, menos angelical), e sobreviver a um atentado a sua vida, as coisas não parecem melhorar.
Patch está começando a se afastar e Nora não sabe se é para o seu próprio bem ou se o seu interesse voltou-se para sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem contar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela fica obcecada querendo descobrir o que realmente aconteceu com ele naquela noite em que ele partiu para Portland e nunca voltou para casa. Quanto mais Nora se aprofunda no mistério da morte de seu pai, mais ela começa a se perguntar se sua ascendência nefilim tem algo a ver com isso, assim como o porquê de ela estar em perigo com mais frequência do que as garotas normais.


Crítica: Meu Deus, como eu amei ''Crescendo''! A história flui de um jeito único, toma proporções que você nunca imaginaria.

Eu sou obcecada pela série, o que não é segredo para ninguém. O final do livro nos deixa bem ansiosos pelo próximo. Muitos mistérios são finalmente revelados e a máscara de muita gente cai. Durante o livro você não consegue definir se Scott é o vilão ou o mocinho, e o mesmo acontece em relação a Patch. Ele simplesmente não é um ''mocinho tradicional''.

O enredo é ótimo, a narração é pelo ponto de vista de Nora, o que nos permite conhecê-la à fundo. Livro super recomendado! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita! Comentários construtivos são sempre bem-vindos!
Caso tenha um blog, deixe o link do mesmo junto de seu comentário para que possamos retribuir a visita! Ah, e sempre respondemos nossos leitores, clique em ''notifique-me'' caso tenha interesse em ler nossa resposta a seu comentário!

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo