Crítica: "A Face Inversa do Amor" de Rafaela Peresin Rabelo (Autor Parceiro)

Título: A Face Inversa do Amor
Autor: Rafaela Peresin Rabelo
Ano: 2016
Editora: Bartlebee Editora LTDA
Número de páginas: 171

Sinopse: "A única certeza que temos na vida é a existência da dúvida. A indagação que permeia nossa mente e nos faz proferir aquelas simples três letras, que juntas são capazes de induzir um complexo portfólio de sensações E se?. A face inversa do amor é uma história se passa em Houston, uma cidade do Texas e retrata várias histórias interligadas por laços familiares, amorosos e profissionais, demonstrando o contraste entre atitudes pautadas pelo amor e pelo ódio. Rejeição, segredos, amor e vingança são as chaves dessa trama que envolve Annie Macroff, uma jovem repleta de impressões e sensações que terá de pagar pelos erros de um passado que ela desconhece. Conheça a história de alguém que se sentia ninguém e tente decifrar quem tem a razão nesse jogo de reversão de culpa."

Divulgação: "Anacrônico" de Antony Magalhães (Luva Editora)



Título: Anacrônico
Autor: Antony Magalhães
Ano: 2017
Editora: Luva editora
Número de páginas: 252
Compre: Loja Luva



Sinopse: "Em um Brasil pós-guerra, a escravidão é um negócio lucrativo, o ar é tóxico, as temperaturas são altas e as pessoas vivem em cidades tecnológicas protegidas por redomas de vidro. Nessa sociedade que passa seu tempo entorpecida com drogas fornecidas pelo governo, vive a jovem escrava Maria. Comprada por uma família poderosa quando criança, aos poucos ela demonstra ser uma escrava diferente. Ela quer saber mais sobre seu passado e poder controlar seu futuro. Maria quer vingança..."



Divulgação: Antologia III (Editora parceira: Luva)



     Olá gente, mais uma vez a Luva editora está inovando e sempre pensando em todo o seu público, desde os escritores até os leitores. Então fica a pergunta: 
Existe antologia 100% gratuita? Sem armadilhas contratuais? Sim, existe.

Crítica: "Arroz" de Ale Presser (Autor Parceiro)

Título: Arroz
Autor: Ale Presser
Ano: 2016
Editora: Independente
Número de páginas: 88
CompreLoja AlePresser

Sinopse: "O arroz é aquele carboidrato sem graça que só está no prato para fazer volume. Só fica bom se estiver devidamente acompanhado de um molho especial do bife ou do caldinho do feijão. O arroz precisa estar no PF para fazer sentido, mas se não estiver, beleza. Você tranquilamente pediria um prato só de batata-frita, ou só um bife, ou salada, ou até só feijão. Mas nunca um só de arroz."

Crítica: "Três Amores" de Roberta Martins (Autor Parceiro)

Título: Três Amores
Autor: Roberta Martins
Ano: 2016
Editora: Jangada
Número de páginas: 164
CompreCulturaSaraiva

Sinopse: "Caruso é um professor preso às lembranças de sua amada e luta por uma sociedade mais justa; Ângela, esposa de Caruso, trabalha como secretária numa escola pública, e vive o presente intensamente; Paty, filha do casal, busca realizar seu desejo de um mundo melhor. A ligação que existe entre eles é eterna, capaz de juntar todas as diferenças e fazer delas a faísca para a chama do amor. No entanto, é necessário que haja alguma interferência, para que os olhares possam ser renovados, e que a importância do sentimento seja notória. O suspense, desta história envolvente de amor e superação, acontece através do uso habilidoso de técnicas narrativas alternadas e marcado por fatos históricos atuais."

Divulgação: Títulos em pré-venda e divulgação - Editorial Hope (Editora Parceira)

Oi, gente!

Hoje trago para vocês mais um post sobre parceria (amo)! Nossa parceira Editorial Hope está com pré-vendas incríveis em seu site, cada uma mais legal que a outra. Vou disponibilizar aqui para vocês todas as informações e links. Qualquer dúvida, só deixar nos comentários. ♥

Crítica: "Gabriela, Cravo e Canela" de Jorge Amado

Título: Gabriela, Cravo e Canela
Autor: Jorge Amado
Ano de lançamento: 1958
Ano da edição: 2008
Editora: Companhia das letras
Número de páginas: 363
Compre: 
Saraiva,  Amazon 

Sinopse: "O romance entre o sírio Nacib e a mulata Gabriela, um dos mais sedutores personagens femininos criados por Jorge Amado, tem como pano de fundo, em meados dos anos 20, a luta pela modernização material e cultural de Ilhéus, então em franco desenvolvimento graças às exportações do cacau da região. O eixo da história é a relação delicada e complexa entre as transformações materiais e as idéias morais. Com sua sensualidade inocente, a cozinheira Gabriela não apenas conquista o coração de Nacib como também seduz um sem-número de homens ilheenses, colocando em xeque a férrea lei local que exigia que a desonra do adultério feminino fosse lavada com sangue"Publicado em 1958, Gabriela, cravo e canela logo se tornou um sucesso mundial. Na televisão, a história se transformou numa das novelas brasileiras mais aclamadas mundo afora. No cinema, Nacib é vivido por Marcello Mastroianni, e Gabriela, por Sônia Braga.


© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo